Serviço de Inteligência da Polícia Militar fez a identificação por meio de imagens. Um outro suspeito também foi detido.

A Polícia Militar prendeu na manhã desta segunda-feira (10), em Itaquaquecetuba, um jovem de 19 anos suspeito de matar um policial militar de 67 anos, em Poá. Adélio Sabino foi assassinado durante um assalto no Jardim América no domingo (9). Um outro suspeito, de 18 anos, também foi identificado e detido pela polícia.

Propaganda

De acordo com a polícia, a vítima tentou reagir ao assalto e foi baleada no peito. Os criminosos levaram a arma dele.

A Polícia Militar informou nesta segunda-feira que o Serviço de Inteligência da PM analisou imagens do crime e identificou dois suspeitos, um de 19 anos e outro de 18 anos.

O rapaz de 19 anos foi encontrado na casa dele em Itaquaquecetuba, escondido nas telhas. Segundo a PM, ele confessou o crime. Ainda de acordo com a PM, o suspeito de 19 anos tem condenações por tráfico de drogas e roubo.


Como é diabético e ficou bastante tempo sem insulina, ele foi encaminhado para a Santa Casa de Suzano. Após o quadro se estabilizar ele será encaminhado para o Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes.

Já o outro suspeito, de 18 anos, foi detido e está sendo encaminhado para Mogi. Segundo a polícia, o de 18 anos tem dez passagens pela polícia enquanto era menor.

O crime

O policial militar de 67 anos foi assassinado durante um assalto no Jardim América, em Poá, no domingo (9). De acordo com a polícia, Adélio Sabino tentou reagir ao assalto e foi baleado no peito. Os criminosos levaram a arma dele.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência do latrocínio, o crime foi na Rua Ipanguaçu, por volta das 16h. A vítima retornava ao seu carro quando foi abordada por três indivíduos.

Segundo o relato do boletim de ocorrência, o policial militar aposentado tentou reagir ao crime e um dos criminosos atirou no peito dele e roubou a arma. Não há informações de que mais nada tenha sido roubado.

Os criminosos fugiram pela Rua Urais sentido Rua Mongaguá, enquanto Adélio Sabino era socorrido por pessoas que passavam pelo local. A vítima, porém, morreu a caminho do hospital de Poá.

Segundo a polícia, não há testemunhas presenciais do crime. O setor de Homicídios foi acionado e foi solicitada perícia no local e no veículo da vítima.

Fonte Portal G1

Facebook Comments

50% LikesVS
50% Dislikes