Policial notou, de varanda de apartamento, que um homem conseguiu ligar o motor do seu carro. Ele disse que desceu e, como suspeito não obedeceu ordem de parada e tentou fugir, atirou.

Um policial militar aposentado flagrou o furto do próprio carro e matou um homem de 36 anos em Suzano. O PM contou para a polícia que quando o suspeito conseguiu ligar o veículo ele o abordou. Ainda assim, ainda segundo o PM, o homem tentou fugir com o carro. O policial disparou três vezes. O suspeito foi baleado, bateu o carro e morreu antes de ser socorrido para o hospital.

O caso aconteceu às 16h deste domingo (6) na Avenida Armando Salles de Oliveira, no Parque Suzano. O policial de 46 anos contou que estava na varanda do seu apartamento quando notou que um homem forçando a porta esquerda do seu carro, que estava estacionado na rua, em frente ao condomínio onde ele mora.


O policial, então, sacou a sua arma e desceu. O homem já estava dentro do carro, com o motor ligado. O policial ordenou que ele descesse, porém, ele não obedeceu e acelerou para tentar fugir. Durante a tentativa de fuga, segundo o boletim de ocorrência, o policial quase foi atropelado, mas ele pulou para o lado e efetuou três disparos na direção do carro.

De acordo com a polícia, o motorista continuou acelerando e, depois de 100 metros, perdeu o controle da direção e bateu em algumas motos e em um carro que estavam estacionados na rua. O assaltante continuava dentro do carro, ferido com os disparos.

Foi pedido socorro a uma ambulância que passava pelo local, mas ela já socorria um outro policial, que havia sido baleado em um assalto perto dali. Depois de levar o policial ao hospital, a ambulância voltou, mas o suspeito chegou já sem vida ao hospital.

A perícia foi feita no local e nos carros envolvidos na ocorrência.

A família do suspeito foi avisada da morte e o caso será encaminhado para investigação no Setor de Homicídios.

Fonte Portal G1

Facebook Comments