Valor é o mesmo anunciado pelo prefeito Bruno Covas para a tarifa do ônibus na capital

O governo do estado de São Paulo anunciou nesta quinta-feira (3) que as passagens de trens e metrô passarão dos atuais R$ 4 para R$ 4,30 a partir de 13 de janeiro.


O reajuste de 7,5% ficará acima da inflação acumulada desde a data do último aumento, em janeiro de 2018, quando a passagem subiu de R$ 3,80 para R$ 4.

A tarifa integrada dos trens do Metrô e da CPTM com os ônibus que circulam na capital também sofreu reajuste. O valor do bilhete subiu dos atuais R$ 6,96 para R$ 7,48.

O Bilhete Mensal para trens passa de R$ 194,30 para R$ 208,90 (comum, válido somente para trilhos) e de R$ 307 para R$ 323,80 (integrado, usado com trilhos + ônibus).

Já o Bilhete 24 horas passou de R$ 15,30 para R$ 16,40 (comum) e de R$ 20,50 para R$ 21,60 (integrado).

Na capital, o prefeito Bruno Covas anunciou aumento da passagem de ônibus de R$ 4 para R$ 4,30 a partir de 7 de janeiro, também acima da inflação.

A Prefeitura de São Paulo argumenta que se trata de uma reposição das perdas dos últimos três anos, uma vez que em 2016 e 2017 não houve reajuste.

 

Facebook Comments