Vítima contou à polícia que ele a arrastou e os dois caíram dentro de córrego, onde o homem tentou por diversas vezes afogá-la.

Um ajudante de 20 anos foi preso nesta quarta-feira (6) em Itaquaquecetuba sob suspeita de estuprar uma mulher de 48 anos e depois tentar matá-la afogada em um córrego da cidade.

Propaganda

A ocorrência começou por volta das 6h30 da manhã. Segundo a vítima relatou à polícia, ela passava pelo bairro Acaré, quando o suspeito passou por ela e a agarrou pelas costas.

Segundo o boletim de ocorrência, ele a arrastou para o mato e a estuprou. Depois disso, continuou a arrastando até que os dois caíram dentro de um córrego onde, de acordo com a vítima, o ajudante tentou afogá-la por diversas vezes.


Ela conseguiu gritar e chamou a atenção de populares que passavam pelo local, que foram até lá. Neste momento, o suspeito fugiu, mas esqueceu a mochila.

Quando a polícia chegou ao local, encontrou apenas uma marmita e roupas dentro da bolsa. No entanto, um homem apareceu à procura da bolsa, alegando que havia sido roubado, mas tinha alguns arranhões pelo corpo.

A equipe então foi até a casa dele, onde encontrou a roupa que ele usava quando atacou a vítima, além da mãe dele ter contado à polícia que o rapaz tinha chegado em casa molhado dizendo que tinha sido assaltado. A mãe disse que ele tomou banho, trocou de roupa e saiu.

A vítima foi levada ao Hospital Santa Marcelina, de Itaquaquecetuba, porque além de abalada psicologicamente, tinha dores no braço. O depoimento dela foi colhido na unidade, onde reconheceu as roupas apreendidas pela polícia como sendo do suspeito.

O ajudante também foi encaminhado à unidade, e depois levado para a delegacia, onde foi preso em flagrante por estupro e tentativa de homicídio.

Facebook Comments

50% LikesVS
50% Dislikes