Delegacia da Mulher foi inaugurada em Itaquaquecetuba — Foto: Reprodução/TV Diário


Estrutura está localizada na Vila Zeferina e tem como principais atribuições investigar crimes de violência doméstica e crimes sexuais contra crianças, adolescentes e mulheres.

Itaquaquecetuba inaugurou, nesta segunda-feira (8), Dia Internacional da Mulher, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que tem como uma de suas atribuições prestar assistência a mulheres vítimas de violência na cidade.

Propaganda

De acordo com a delegada Luciana Amat, o espaço foi viabilizado graças a um convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado. A delegacia vai atuar em parceria com a Secretaria da Mulher.

“Por decreto, a competência das DDM’s é no seguinte sentido: investigar crimes envolvendo violência doméstica, praticados por homens, e crimes sexuais contra crianças, adolescentes e mulheres. Então esse é o foco e a atribuição das DDM’s no estado de São Paulo”, explicou.

A inauguração de uma delegacia totalmente feita para a mulher vítima de violência agradou aos moradores da cidade. “Estava precisando mesmo. Eu vejo que muitas mulheres sofrem por não terem uma Delegacia da Mulher. Acho muito importante”, falou a manicure Tatiane de Abreu.

A estrutura do local foi pensada de forma que o agressor não tenha qualquer contato com a vítima: ao chegar com a viatura, ele não passa por dentro da delegacia e vai direto para a carceragem.

Para a secretária da Mulher de Itaquaquecetuba, Hadla Issa, essa parceria será muito importante, já que o número de atendimentos feitos na Secretaria é baixo: cerca de três por dia. “A mulher de Itaquaquecetuba não conhece o serviço da Secretaria da Mulher. Com a instalação da DDM no município, eu acredito que vá subir consideravelmente esse número”, falou Issa.




“A Secretaria hoje tem serviços de encaminhamento, de assistência, principalmente psicológica. Quais são as vulnerabilidades dela? Qual o contexto psicológico em que ela se encontra? Ela pode voltar para casa? Ela quer medida protetiva, instaurar um boletim de ocorrência? Primeiro ela vem na Secretaria, ou primeiro ela vai na DDM. A DDM encaminha para a Secretaria, ou vice-versa. É uma parceria, que só vai trazer benefícios para a mulher de Itaquaquecetuba”, completou.

Uma dona de casa foi buscar ajuda na Secretaria da Mulher nesta segunda-feira e já pôde contar com os serviços da nova delegacia.

“Eu vim fazer uma medida protetiva contra o meu pai, porque ele me ameaça, ameaça meu marido, minha mãe. Chega agressivo em casa, querendo agredir todo mundo, querendo quebrar as coisas. Quando começou, a gente era criança, então nunca tivemos coragem. Minha mãe, muito menos. Nunca foi orientada também”, contou a mulher, que não quis ser identificada.

A Delegacia de Defesa da Mulher de Itaquaquecetuba funciona na Avenida João Barbosa de Moraes, número 448 B, na Vila Zeferina. O telefone do local é o (11) 4642-7298.

Facebook Comments