Polícia Ambiental de Itaquaquecetuba apreende 14 filhotes de cobra que seriam vendidos pela internet — Foto: Reprodução/TV Diário


Segundo informações da polícia, responsável não possuía autorizações para criar ou vender os animais. Havia ainda cobras adultas, incluindo uma jiboia, e um pé de maconha.

A Polícia Ambientalapreendeu 14 filhotes de cobra em um cativeiro clandestino nesta quinta-feira (25), em Itaquaquecetuba. O proprietário teria admitido que os animais seriam vendidos pela internet pelo valor de R$ 250.

Propaganda

Segundo a polícia, os agentes chegaram ao local depois de uma denúncia anônima. Lá foram encontrados os 14 filhotes de “corn snake”, conhecida como cobra do milho, além de duas serpentes adultas da mesma espécie.

O comércio desses animais é permitido, desde que o criador tenha autorização. No entanto, o proprietário do imóvel sequer possuía as notas fiscais necessárias para mantê-las, segundo a polícia.




Na casa também havia uma jiboia arco-íris. A cobra não pode estar em cativeiro sem licenças. Uma muda de maconha, que estava no quintal do imóvel, também foi encontrada.

Os animais e a maconha foram apreendidos. Em razão do crime ambiental, o homem foi autuado em R$ 5,2 mil.

Facebook Comments